Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Comitês setoriais definem agenda prioritária para 2018

07/02/2018 em NOTÍCIAS
Segurança jurídica, inteligência artificial, licenciamento ambiental e inovação estão entre os objetivos
Ano de eleições, 2018 começou com agitação política e econômica. A fim de acompanhar os desdobramentos de assuntos em destaque na agenda nacional e internacional, os grupos trabalho setoriais da AmCham Rio alinharam estratégias, estruturaram seus business plans e definiram os temas prioritários para o ano.

O estímulo ao debate, o diálogo com autoridades e especialistas, além da troca de experiências nortearão o cronograma de ações dos grupos ao longo de 2018. Segurança jurídica, inteligência artificial, licenciamento ambiental e inovação estão entre os objetivos dos grupos.

Com objetivo de acompanhar a evolução cada vez mais rápida do mundo digital e discutir as transformações que ele provoca, o comitê de Marketing debaterá o marketing social e para o futuro, além da inteligência artificial, assunto que vem ganhando destaque no mundo. Esse tema também é prioritário na agenda do comitê de Saúde, que pretende traze-lo para a perspectiva do setor, abordando questões como a segurança de dados e diagnósticos precisos. O grupo também discutirá o compliance em saúde, a sustentabilidade do mercado de medicina supletiva e seguro saúde, vigilância sanitária e estilo de vida e doenças crônicas.

O subcomitê de Propriedade Intelectual segue apoiando o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) no desenvolvimento do ambiente de negócios para empresas, para tanto, o grupo se propõe a promover debates e elaborar propostas a respeito de possíveis melhorias no backlog dos processos de análise de pedidos de marcas e patentes. A discussão de inovação, empreendedorismo e startups, além do projeto de lei para proteção de dados pessoais também são prioritárias para o subcomitê.

Desenvolver um ambiente de empreendedorismo também está entre as metas do comitê de Tecnologia da Informação e Comunicação, que vê o Rio de Janeiro como uma cidade de inovação. Nesse sentido, para o grupo, assim como para o subcomitê de Propriedade Intelectual é fundamental acelerar e simplificar o exame de patentes. Em sequência, estão entre os pleitos do grupo o E-Government, a aproximação de startups e grandes empresas e o Fast Track para abertura e fechamento de empresas.

Incentivar atividades de fomento ao turismo no Rio continua como uma das prioridades do comitê de Turismo de Negócios, junto à segurança pública. Uma das ações que vai fomentar o turismo na cidade é a concessão do visto eletrônico para turistas americanos, medida que foi aprovada e já entrou em vigor no mês passado. Em 2017, o tema foi amplamente discutido pelo grupo, que dialogou com a Riotur, a Prefeitura, e o Rio Convention & Visitors Bureau a necessidade de fomentar o turismo no Rio de Janeiro.

Para o comitê de Assuntos Jurídicos, é essencial debater o estímulo ao compliance nas empresas, um ambiente de maior segurança jurídica e a os desdobramentos dos aspectos práticos da reforma trabalhista. Já o subcomitê Tributário considera importante destacar a responsabilidade dos administradores por dívidas de empresas, os avanços do eSocial, os incentivos fiscais, além de uma reforma tributária.

O licenciamento ambiental é ponto em comum nas agendas dos comitês de Petróleo e Gás, do Setor Elétrico e do grupo de estudos de Licenciamento Ambiental. Este último, em 2017, se dedicou à elaboração de um estudo que será levado ao Ministério do Meio Ambiente e ao Ministério de Minas e Energia, que identificou os principais problemas e indica como como é possível avançar nesse tema.

Entre essas medidas se destacam: um estabelecimento de prazos para emissão de licenças, o fim da responsabilidade criminal culposa do agente público, mais investimentos em infraestrutura e capacitação dos órgãos envolvidos no processo, a criação de um banco de dados uniforme, operacional e acessível, a adoção de instrumentos de planejamento, cooperação e eficiência e condicionantes proporcionais e diretamente relacionadas ao empreendimento.

O comitê do Setor Elétrico trabalhará em cima dos temas energia flexível e geração distribuída. Já o comitê de Petróleo e Gás planeja discutir os investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação, além do ambiente institucional do gás natural.

Com foco em liderança feminina, pessoas com deficiência e longevidade, o comitê de Sustentabilidade abordará a inclusão e a diversidade nas empresas. Para o grupo é essencial debater a sustentabilidade do negócio e temas transversais como políticas públicas para o Rio de Janeiro e desdobramentos da reforma da previdência. Os impactos da produção de alimentos, na esfera da agricultura e agropecuária, e o legado da sustentabilidade de projetos sociais também constam na agenda do comitê.

As habilidades necessárias para ser um bom profissional no futuro são prioridades do Comitê de Recursos Humanos, acompanhadas da liderança em um mundo que sofre transformações e o futuro dos mercados, com as fintechs, lawtechs e outros avanços tecnológicos que auxiliam as empresas.

Ainda na esfera da tecnologia, o Comitê de Seguros, Resseguros e Previdência alinha como prioridades avaliar os impactos das insurtechs no mercado segurador, a nova fase do seguro D&O, que visa proteger o patrimônio de altos executivos, a nova lei geral do seguro e debater a importância da cultura e educação para seguros.

Agenda

mantenedores

OURO

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.