Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Agenda propositiva para o setor de Petróleo e Gás chega a Brasília

28/02/2018 em NOTÍCIAS
Missão empresarial realizada pela AmCham Rio reuniu todos os players do setor e buscou dialogar com o Governo
O setor de petróleo e gás, considerado importante propulsor para fomentar a retomada da economia do Brasil, recebeu nos últimos dois anos grande atenção do Governo Federal, que, por meio, principalmente, do Ministério de Minas e Energia, realizou um trabalho forte de planejamento com propostas para alavancar o campo.

No dia 21 de fevereiro o comitê de Petróleo e Gás da Câmara realizou uma missão empresarial que levou executivos das empresas BHGE, BP Energy, Chevron, Eneva, Engie, IHS Markit, Prumo Logística, Teekay Serviços Marítimos e Spectrum Geofísica a Brasília. A agenda propositiva focou em três temas macros: aprimoramento do licenciamento ambiental, revisão das regras de PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) e ambiente de gás natural.

As reuniões aconteceram no ministério de Minas e Energia, com a presença do ministro Fernando Coelho Filho e do secretário executivo Marcio Félix; na Casa Civil, com a presença do secretário executivo Daniel Sigelmann; no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e na presidência do Ibama.

De acordo com Ana Lopes, líder do comitê e diretora de Relações Governamentais e Públicas da Chevron Brasil, a missão teve como objetivo passar para as instâncias governamentais a preocupação da indústria com os entraves que impedem o crescimento do setor.

“Tivemos o privilégio de contar com a presença de profissionais altamente qualificados, que souberam transmitir nossas mensagens-chave de forma segura e objetiva”, conta ela.

Na oportunidade, a comitiva de empresários da AmCham Rio apresentou a agenda prioritária do comitê com os documentos de posicionamento de cada tema e suas recomendações. A mensagem principal foi que o comitê, apesar de ser composto por empresas de diversos segmentos da indústria, possui uma agenda sinérgica com temas alinhados que irão promover o maior desenvolvimento do setor com propostas de curto, médio e longo prazo.

“A AmCham Rio e suas empresas associadas na área de petróleo e gás têm uma importante contribuição a dar ao País, tanto pela formulação de uma agenda representativa dessa indústria como, em especial, por sua transformação em novos investimentos, empregos e renda”, diz o ministro Fernando Coelho Filho.

O trabalho realizado pelo Governo Federal resultou em mudanças significativas, e estas foram muito bem recebidas pela indústria e pelos investidores. Entre elas, a abertura do pré-sal brasileiro para outras operadoras além da Petrobras, a revisão e aprimoramento das regras de conteúdo local, a renovação do Repetro até 2040 e, sobretudo, a volta de um calendário de leilões regulares, inclusive ofertando campos do pré-sal.

Segundo dados da IHS Markit, consultoria global de inteligência e informação, a estimativa é de que até 2030, o setor receba o equivalente a 200 bilhões de dólares em investimentos. Outra informação importante desse dado é que, para cada um bilhão de dólares investidos, há a geração de 25 mil postos de trabalho.

Apesar das conquistas citadas, ainda há muitas questões que precisam ser endereçadas e entrar na agenda do Governo, e outras que necessitam ser retomadas para que avancem e se concretizem. Exemplo disso é o programa Gás para Crescer, com o substitutivo ao Projeto de Lei n. 6.407/2013 (conforme sua redação aprovada em dezembro de 2017 pela Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados), que visa a liberalização do mercado e de suas relações, estimula um número maior de agentes no setor, maior liquidez, competitividade e a qualidade dos investimentos. Proposta do Ministério de Minas e Energia, ainda está pendente de aprovação na Câmara dos Deputados.

Ampliar o diálogo com o Governo e órgãos reguladores do setor é uma das prioridades do comitê. O grupo planeja promover fóruns de discussão e encontros para que haja uma continuidade de ações que melhorem o ambiente de negócios e gerem mais investimentos.

“Em sua essência, o comitê é um foro para compartilhamento de informação e diálogo de temas prioritários para o setor de petróleo e gás. Do debate, surgem algumas pautas que merecem atenção das autoridades, para que a opinião e os pontos de vista dos membros sejam considerados na formulação de políticas para o setor”, informa Rafael Jaen Willianson, coordenador de conteúdo do grupo. Para ele, a missão abriu um canal de comunicação eficaz com as mais importantes autoridades do Governo no âmbito de petróleo e gás, possibilitando a participação efetiva na formulação de políticas para o segmento. “A Câmara deixa assim uma marca positiva nas mentes dos interlocutores do Governo”, acrescenta.

“Entendo que o comitê de Petróleo e Gás conseguiu imprimir sua marca nos principais interlocutores envolvidos nos temas prioritários da nossa agenda. Além disso, a excelente receptividade de todos os representantes do governo excedeu as minhas expectativas”, destaca Ana Lopes.

Confira as fotos: http://bit.ly/missaobrasilia

Agenda

mantenedores

OURO

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.