Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Comitê de Turismo e Negócios debate promoção de destino e desenvolvimento do trade do Rio de Janeiro

23/11/2018 em Evento
Especialistas discutiram desafios, perspectivas e tendências internacionais
Banco de Imagens AmCham Rio
As expectativas para a promoção do Rio de Janeiro como destino e os principais desafios para alavancar o turismo e movimentar a economia local foram abordadas durante o evento da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio), realizado no dia 13 de novembro. Com abertura de Maria Paula Comaru, líder do Comitê de Turismo e Negócios, diretora da entidade e de Marketing e Vendas do Hilton, o debate contou também com a presença de Marcelo Alves, presidente da RioTur e da RioEventos; Thatiana Leal, representante do Greater Miami Convention & Visitors Bureau no Brasil; Camila Anauate, líder do núcleo de Turismo da Edelman no Brasil e Luiz Gustavo Barbosa, especialista em turismo da FGV EBAPE.

A primeira palestra foi realizada por Tathiana Leal, que apresentou o “Caso Miami: de centro de compras a polo cultural”, e enfatizou as principais ações do local para impulsionar o trade turístico e despertar paixão pelo destino. Em seu discurso, a especialista citou iniciativas desenvolvidas para a transformação da região metropolitana de Miami, entre elas a promoção de shows com fácil acesso, revitalização de áreas abandonadas, renovação da gastronomia, eventos esportivos e o ‘Miami Trolley’ – um projeto gratuito de mobilidade destinado ao turismo, que é financiado pelo setor privado. Ela destacou o quão fundamental para a Cidade foi estabelecer parcerias entre instituições privadas e públicas para criação de novas atrações e investimentos em mobilidade. “Durante cinco anos Miami foi um canteiro de obras e agora estamos vendo o resultado. A Cidade se consolidou e se tornou um destino Fashion, gastronômico e cultural”, afirmou a representante do Greater Miami Convention & Visitors Bureau no Brasil.

A segunda palestra do evento discutiu alternativas para impulsionar o setor de acordo com as perspectivas do mercado internacional. Camila Anauate apresentou uma pesquisa exclusiva da Edelman do Brasil relacionada às tendências para América Latina em 2019. Entre elas estão ‘LaTam is the New Black’ — todos os olhares voltados para a região com investimentos significativos dos grandes players do mercado —; ‘Volunturismo’ — cerca de 10 milhões de turistas se deslocaram em viagens com propósito no ano de 2018 e a expectativa é que chegue a 20 milhões em 2020 — e ‘A Evolução do Luxo’ — hoje as demandas deste público-alvo são por experiências que ofereçam significado, simplicidade e transformação de suas visões de mundo. Camila ressaltou ainda que há projeção positiva para o turismo da zona geográfica nos próximos anos. “As tendências e perspectivas de crescimento do turismo no Brasil e América Latina são boas. Para se ter uma ideia, em 2017 o setor de turismo correspondeu a 9% do PIB LaTam e o número de desembarques internacionais cresceu 7% com previsão de aumentar 5% este ano”. A especialista terminou sua explanação convidando o público a refletir sobre a importância de realizar melhorias para alavancagem do setor. “Essa indústria apresenta um grande potencial, mas não é bem aproveitada na América Latina e no Brasil. Nós como trade devemos oferecer oportunidades únicas e inovadoras”, pontuou a Líder da Edelman do Brasil.

Em sua participação, Marcelo Alves discorreu sobre as pautas trabalhadas pela RioTur em prol da promoção da Cidade, como o ‘Carnaval Rio Samba Show’, Réveillon e o calendário ‘Verão Carioca’. Ele ressaltou que, embora a Cidade tenha uma excelente infraestrutura, as instituições precisam reconhecer o grande potencial da indústria, fortalecendo a divulgação da Marca Rio de Janeiro. “O que precisamos é comunicar. Falta marketing para que o Rio de Janeiro esteja na cabeça das pessoas ao escolherem seu próximo destino”. Ele destacou também a importância de investimentos: “o turismo precisa de respostas imediatas para gerar mais empregos e para que façamos nossos projetos acontecerem”, ressaltou. O presidente da RioTur e RioEventos trouxe os cases de investimento de Punta Cana, Orlando, Barcelona e Portugal. Este último investe anualmente 480 milhões de euros na indústria, enquanto a verba da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) é de R$ 13 milhões de reais. “É preciso consciência de que o turismo é o principal negócio e indústria do Rio”, finaliza Alves.

Perspectivas para a área com foco no novo cenário político e econômico também foram assuntos centrais do evento. Luiz Gustavo Barbosa apresentou um novo panorama para o setor. O especialista acredita que olhar para o futuro é uma forma de contornar a situação atual, embora o turismo na Cidade esteja sofrendo com a instabilidade e insegurança. "Estou otimista. A indústria do petróleo está reaquecendo, o que é um ponto importante para a economia do Rio. Então, a perspectiva é que o Estado comece a respirar e isso é muito positivo para o turismo", finalizou o representante da FGV.

Veja mais fotos do evento: https://www.flickr.com/photos/amchamrio/albums/72157702162854811
Agenda

mantenedores

OURO

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.