Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

“Aplicar dinheiro na gestão de marca não é gasto, é investimento”, defende Natascha Brasil

22/08/2019 em Notícias
Veja como usar conceitos de marketing, publicidade e psicologia a favor da sua empresa
Da esquerda para direita: os palestrantes Dr. Antonio Carlos Worm Till, Anna Ortiz e Natascha Brasil; o líder do Comitê de Marketing Noel de Simone, e o gerente executivo da Amcham Rio Pedro Spadale.
Ser referência no mercado em que atua é um dos maiores objetivos das organizações atualmente. Para conquistar seu público, as empresas precisam investir na gestão de marca ou simplesmente branding, como o termo é conhecido no mundo do marketing. No dia 14 de agosto, Natascha Brasil, head de Marketing do Dannemann Siemsen; Anna Ortiz, gerente de marketing na PwC Brasil e Dr. Antonio Carlos Worms Till, CEO e sócio-diretor do Vita Check-Up, orientaram sobre melhores práticas para usar o branding a favor da sua companhia.

“Marcas são a grande força da economia e podem se tornar o mais valioso ativo da sua empresa”, apontou Natascha. Para justificar, a especialista destacou que algumas companhias da atualidade sequer tem produtos tangíveis como a Google e Uber. “É a construção e a gestão da sua marca que fazem as pessoas escolherem sua empresa em vez de outra. Aplicar dinheiro em branding não é custo, é investimento. Isso traz retorno real em valores financeiros”, destacou ela.

Por que investir em construir uma marca forte?

Natascha elencou cinco fatores para as empresas se atentarem mais ao branding e construir uma marca relevante. São eles:

1. Maior poder de negociação
Segundo a especialista, as pessoas respeitam marcas fortes e, acima de tudo, querem fazer negócio com ela. Isso se dá com clientes, parceiros, fornecedores e, até mesmo, com o governo.

2. Novos mercados
“Quanto mais estruturada está sua marca em relação ao mercado e ao público, melhor a sua história será contada”, destacou Natascha. “Isso facilita a entrada em novos mercados, seja por meio de novos produtos e serviços ou por meio de novos locais de atuação”, acrescentou.

3. Reposicionamento
Ser uma empresa consolidada permite que você se reposicione no mercado e mantenha sua credibilidade.

4. Maior capital humano
“Vivemos em um mundo cada vez mais volátil, inconstante e integrado, então não podemos acreditar que vamos ser exclusivos onde atuamos. Cada vez mais, o grande diferencial das empresas vai ser atrair, reter e desenvolver capital humano. E isso só é possível nutrindo as relações de valor com os clientes”, ressaltou a especialista.

5. Eleva o valor financeiro
As empresas que valorizam a gestão de marca aumentam definitivamente seu poder de negociação, reforçam o vínculo com as pessoas e fortalecem a reputação. Assim, conseguem vender mais.

Quando o rebranding se torna necessário?

Em um mundo caracterizado por constantes mudanças, manter-se relevante é um grande desafio. Por isso, cada vez mais as marcas passam pelo processo de rebranding, ou seja, alteram seu posicionamento no mercado para inovar e, também, se diferenciar dos concorrentes. Anna Ortiz, gerente de Marketing da PwC, dividiu o case do reposicionamento da consultoria, que lançou a nova marca em 2010. “É preciso fazer algumas perguntas na hora de decidir realizar o rebranding, principalmente para saber se sua marca ainda faz sentido para o mercado”, esclareceu a especialista.

“Uma das nossas maiores questões é a nossa atuação, já que estamos presentes em mais de 150 países. E precisamos fazer sentido para todo esse mercado, que é muito diferente em vários aspectos. Muitas pessoas não conseguiam falar nosso nome – PricewaterhouseCoopers –, nem mesmo nossos funcionários. A logo também já estava antiga e era ilegível. Por isso decidimos simplificar tudo”, contou Anna. “Nosso atual posicionamento é: trabalhamos juntos aos nossos clientes para ajudá-los a encontrar o valor que procuram”, ressaltou.

Dr. Antonio Carlos Worms Till compartilhou o case do Vita Check-Up, que tem 20 anos de atuação. “Eu criei o Vita com objetivo de orientar as pessoas a cuidarem de sua saúde e bem-estar, não de uma maneira diagnóstica, mas preventiva. Com o passar do tempo, essas coisas foram se aprimorando e a gente entendeu que a marca deveria acompanhar isso”, resumiu. “Decidimos mudar nossa identidade visual para frisar o aniversário de 20 anos, mas acima de tudo mostrar que nossa marca atual é leve e acompanha as inovações do mercado, já que nossos serviços são bem modernos e acompanham os avanços da medicina”, concluiu o cardiologista.
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.